Incerteza e solidão


•Finalmente, com muita dificuldade, conseguir engolir a pedra que sufocava minha garganta. Amanheceu-se o dia como sempre, acordar cedo ir para a escola, aquela rotina diária chata. Não estava com vontade de estudar hoje, apenas fui na aula por causa da aprentação do trabalho de história que havia de apresentar. Passei a aula toda lendo o livro e pensando nos conselhos que vários amigos tem me dado, até cheguei a chorar só de tanto pensar. Mas, sinceramente creio que obtive uma conclusão, pois nao adianta derramar lágrimas por uma pessoa que nem sequer lembra de sua existencia, por uma pessoa que recusou seu coração. Nesse ponto pensei... "Eu sou uma boba, uma idiota, nada é melhor do que ser eu mesma, viver para mim msma e também para as pessoas que me amam de verdade". Ótimo falei, vou fazer isso mesmo, apenas darei valor em quem me dá valor, apenas conversarei com quem merecer minhas palavras...

•A solidão é complicada demais, um vazio vem ao seu encontro, seus amigos do seu lado, diversas pessoas que te amam perto de vc, mais nao dá, o vazio fica! Interessante isso nao? Você esta em multidão e se sente só, se sente carente, vontade de abraçar e de beijar... Mais o que me faz erquer a cabeça a esse ponto é o modo positivo de pensar em que algum dia... Algum dia minha vida será um mar de rosas! Disso eu tenho certeza, pois dizem que quanto menos espera acontece.
•Um ponto de interrogação e de exclamação surge em meu pensamento, fica ali fixamente sem ao menos sair do lugar. Ele nasceu justamente com a minha conclusão trágica em apenas dar valor a quem me der valor. Uma recordação veio em meu pensamento fez-me lembrar de um epsódio do Inuyasha, em que Kagome mesmo sabendo que Inuyasha amava Kykiou, seguiu seu coração, resolveu ir com ele pois ela o amava. Sei que é um anime, mais isso acontece na realidade, justamente por isso que esse ponto de interrogação e esclamação surgiu em meu pensamento. Será que devo seguir meu coração? Ou será que devo ignorálo o que ele pede e tantar faze-lo tomar outro rumo?

Solidão

Melancoliamente me invade
Nesse momento tristemente
Meu pensamento concentrado
Em alguém ausente

A vontade pulsa
Mais forte que o coração
O vazio consome
O buraco de uma paixão

Vá embora me deixa
Não quero mais te encontrar
Solidão esteja certa
Que o que mais quero é amar

Devolva meu ânimo
Em cestas de amor
Leva embora com você
Essa minha dor

Por: Luana Beatriz

Nenhum comentário: