Tô jogando o jogo da VIDA!

Hoje, exatamente hoje completou 1 mês que larguei o vício do MMORPG! O que posso falar sobre ele? Que me estranhei e que mudei pra melhor. Me estranhei porque estava fazendo tudo com calma, não estava fazendo mais nada correndo, estava dando mais atenção pra minha filha e pro meu trabalho. Estava mais preocupada com coisas reais do que virtuais, preocupada com o estrabismo da minha pequena (que pela foto da pra ver ela com o tampão fazendo o tratamento), preocupada com a minha vida financeira, sempre tive muito dinheiro nos jogos o que tá na hora de ter na vida real não é? Portanto passei esses tempos trabalhando, consegui alguns clientes pra começar uma empresa de web design. Quando parei de jogar veio aquela sensação de perda mesmo depois de 1 semana e meia me veio um stress louco, eu chorei, pois eu não estava conseguindo preencher aquele vazio que estava ocupado pelos jogos. Mas embora uma força maior me ajudou me trazendo clientes pra trabalhar em projetos. Montei sites e blogs, montagens em fotos e tudo mais.
E posso dizer que em apenas um mês eu recuperei tudo que eu havia gastado antes com jogos. Minha filha até estranhou quando eu sentei lá no tapete pra brincar com ela de tarde, estranhou quando eu dormi com ela na cama numa tarde que eu estava cansada. Por mais trabalho que eu esteja se ela me chamar agora eu paro tudo e vou atendê-la, antes quando jogava não podia sair pois dependendo do lugar o meu char morria... Acho que foi a melhor coisa que eu já fiz na vida ter deletado meus chars, isso me fez esquecer muito rápido e quando eu vejo o jogo, algum vídeo, screenshots de amigos eu não sinto mais vontade, parte de mim amadureceu, apenas reconheço que já se passou o tempo de jogar isso e que eu aproveitei bastante. Só desejo sorte pra quem está jogando, muita sorte e que abra os olhos antes de ser tarde demais. Porque upar não dá dinheiro, upar não dá saúde, upar não dá conhecimento, upar não te dá diploma, enfim upar não dá nada a não ser um número de experiência, perda de tempo e um número de level em um jogo num servidor de uma empresa que pode ser deletado a qualquer momento, hora e dia. Vários amigos me chamaram pra jogar, pra voltar e tudo mais... Eu nem tive vontade de cair no embalo... ACABOU o meu jogo agora é minha vida, é minha saúde, é minha família, é meu trabalho e tudo que vier de melhor pra mim. Graças a Deus.
Eu agradeço aos meus amigos Dark e Lisota pelas enormes palavras e conselhos que tem me dado naquele dia. jamais irei esquece-los. E quero agradecer aqui também a todos meus amigos gammers que de certa forma me animou, me divertiu, fizemos altas aventuras que jamais irei esquecer tbm vou citar niks e nao nomes: Seal Hudson, Potro, Krapulos, Nejix, Ruffi ... e mais alguns que eu não me recordo o nick. Foram ótimas as aventuras, o tempo e tudo.
Eu não me arrependo de ter jogado, mas sou muito grata por ter conseguido parar. =)
Quero agradecer aqui também uma pessoa muito especial pra mim o meu marido Edson Soares, por sempre ter uma TAMANHA paciência comigo, e nunca ter me forçado a parar de jogar, nunca ter colocado defeito, e no dia que estava prestes a parar eu havia perguntado pra ele assim: "Amor quero parar de jogar o que eu faço? você axa que eu paro ou nao?" Ele respondeu: não para, para pq você adora jogar! de noite a gente conversa melhor sobre isso."  Mas eu não esperei até de noite. Portanto obrigado meu amor por me deixar tomar as minhas decisões e você me apoiar em todas elas. Eu te amo!

E vamos que vamos, um dia de cada vez! =)

4 comentários:

Tales Lins disse...

Eu tenho 17 anos larguei Wow já faz uns 5 meses por causa do vestibular, mas estou com muita vontade de voltar. Eu jogo MMORPG freneticamente desde os meus 11 anos e só parei pq percebi que me futuro dependia muito das minha ações no presente e jogando eu não iria conseguir traçar um futuro melhor. E agora esta dando vontade de voltar para o wow, mas vendo sua história eu decidindo hj e agora, que nunca mais irei retornar aos MMORPGs, mas tenho medo de não ter forças e acabar retornando. Minha vida , atualmente, está vazia e eu não sei como preencher esse vazio sozinho. Se vc tiver alguma dica para me ajudar eu agradeço.

Parabéns pela conquista!

Luh@ disse...

Thales, preenche esse vazio com alguns jogos com FIM (aqueles que da pra zerar), leia livros de seu agrado, faça cursos, converse no bate papo da uol (a gente sempre consegue uma boa conversa lá)... Despregue desse mundo... MMORPG prende a gente demais... estraga nossa vida.

Tales Lins disse...

Obrigado Luh, vou tentar fazer o q vc me falou e tentar me envolver em algum esporte. Boa sorte com sua família.

Anônimo disse...

Mt boa a sua história, estou nessa situação também, parei de jogar e passei a focar mais nos projetos da vida. Me sentia mal qnd em alguns momentos na jogatina eu respondia alguém da minha família sem prestar atenção, minha mãe falava algo e segundos depois eu nem lembrava o que era, enfim, eu sentia que não estava lá.

Após a saída dos jogos, pra mim preferi largar tudo, mesmo que sejam os jogos com fim, mas eu tenho uma certa compulsão em perfeccionismo, o que nem angry birds escapa, já que toda partida tenho q fazer 3 estrelas kkk, mas o pior de tudo é a sensação de vazio que fica, venho tentando ocupar com toda atividade mas ainda assim me sinto estranho, como se faltasse algo, porém, posso dizer que está tudo melhor agora, meu tempo de estudo aumentou e eu consigo fazer tudo com calma, o que já é mt significativo.

Gostei mt da sua história e gosto de evr relatos de outras pessoas que superaram isso, no mais espero que as coisas continuem indo bem com vc e sua filha, essa é uma idade que passa muito rápido, e não vale a pena perder isso por causa de joguinhos ^^