32 ou 64 bits? Qual deverei utilizar?

Existem processadores de 4,8,16,32 e 64 bits. Um bit é a menor 'quantidade' de dados da informática, podendo ser 0 ou 1 (normalmente representado em eletrônica digital pela ausência ou presença de corrente elétrica). A arquitetura de 64 bits é um excelente exemplo disso. Fazer mais e melhor. Esse é o diferencial a partir de agora. Mas,atenção:a palavra-chave é CAPACIDADE e não VELOCIDADE. Por exemplo: Imagine que dois trens com velocidades iguais precisam levar uma carga de 100 Kg.O primeiro trem pode levar 64 Kg de cada vez;o 2º,poderá levar 32 Kg a cada viagem.Ao passo que o primeiro trem precisará de apenas duas viagens para levar toda a carga,o segundo levará de três. Isso significa que um trem leva mais carga que o outro:a questão é quanto cada um pode transportar e não quão rápido chegará cada trem.
Afinal,os dois irão à mesma velocidade. Assim é um processador 32 ou 64-bits:o de 64 vai armazenar mais informação de uma única vez mas isso não significa que será mais rápido. A principal diferença entre o Windows de 32 bits e o de 64 bits é a memória. Atualmente, o Windows 32 bits é capaz de suportar até 4 GB de memória, com até 2 GB de memória dedicada por processo. O Windows Seven 64 bits tem suporte diferente para cada versão: Windows 7 Starter Edition 64bits - 8GB, Home Basic Edition 64 bits - 8GB, Home Premium Edition 64bits - 16GB, Professional Edition 64bits - 192GB, Enterprise Edition 64bits - 192GB, Ultimate Edition 64bits - 192GB, com potencial para suportar até 16 terabytes de memória virtual como capacidades de hardware e aumento do tamanho da memória e claro que dependerá se sua placa mãe se tem suporte a essa quantidade de memória. Outra diferença como foi mencionado acima no exemplo dos trens, entre o Windows de 32 bits e o de 64 bits é o maior número de registros disponíveis nos processadores de 64 bits. Isto permite o aumento do desempenho em programas de cálculo intensivo de pontos flutuantes. Os consumidores acharão o Windows 64 bits mais próximo em termos de comparação de recursos com o Windows de 32 bits. A versão 64 bits é melhor para todos os casos? Não! Na verdade, ela é melhor apenas para os computadores que atendam aos seus requisitos da máquina e às aplicações do usuário. Embora limite sua capacidade, a versão 32 bits do Windows suporta um processador 64, mas a versão 64 não funciona com um processador de 32 bits.
Quando utilizar? 
Antes de ficar em dúvida sobre qual sistema operacional utilizar, o usuário precisa estar ciente da configuração da sua máquina. Além de saber a arquitetura do seu processador, ele precisa contar com uma quantidade recomendável de memória RAM, pelo menos 4 GB. O usuário também deve se questionar quanto ao uso de seu computador. A diferença será evidente em programas apropriados para a tecnologia 64 bits e também para os usuários que recorrem a vários aplicativos ao mesmo tempo. Como os drivers da versão 64 bits são diferentes dos da 32, configurar componentes antigos no Windows 64 pode não ser possível.
Como saber se seu processador é 32 ou 64 bits?
Para saber se seu processador suporta trabalhar em modo 64 bits, consulte o site do fabricante, ou ainda baixe e instale o Everest, que ele te dará tal informação de maneira bem simples e direta. Ao clicar na aba processador se você encontrar isso "x86-64" ele é 64 bits caso não encontre é porque é de 32 bits. 
Pra saber: 
Processador 64 bits: roda programas de 32 ou 64 bits, incluindo sistemas operacionais de 32 ou 64 bits. Processador 32 bits: apenas programas e sistemas de 32 bits.

2 comentários:

Anônimo disse...

Afirmar "Assim,um processador de 32 bits irá trabalhar com 32 bits de dados por segundo,ao passo que o de 64 bits trabalhará com o dobro." está errado.

Na verdade, a quantidade de dados processados por segundo é dada pelo produto entre o tamanho do barramento e o clock do processador.

Luh@ disse...

Obrigada pela correção!