Um mundo Grande também é pequeno!

É... confesso com todas as letras do alfabeto que o ano do cavalo foi um ano e tanto! Um ano de muito aprendizado pra mim. Cavalo está bem no finalzinho e assim, posso dizer que bem... Valew a pena... Valew a pena cada luta, cada loucura, cada acontecimento, cada pessoa que acreditou em mim, cada pessoa que decidiu me incentivar, me apoiar...
Foi um ano cheio de acontecimentos que mostrou sim os erros, as qualidades e os defeitos de minha pessoa, de minha família... Foi um ano de perdas também e de conquistas.
O mundo é grande e também é pequeno ao mesmo tempo. Não dá pra fazer tudo que queremos. Embora quem pensa grande assim como eu, fica meio sem nexo de manipular o tempo, de não conseguir fazer tudo que se vem na telha. Eu fico assim, na maioria das vezes perdida por não saber tomar uma decisão sensata do que realmente eu quero fazer no momento. Sou uma pessoa bastante indecisa com meus pensamentos e maluca com minhas vontades. Há exatamente 5 anos atras eu estava louca para abrir uma empresa de design/web design... Trabalhar nas melhores agencias também e adquirir bastante experiência...
O tempo voou e tive bastante experiência nessa área este ano, foi uma experiência muito gostosa por sinal, clientes ótimos e satisfeito com o meu trabalho. Que por sinal por conta de todos eles eu consegui largar o vício dos jogos e ser alguém independente. Consegui acreditar que eu posso sim ter meu próprio negócio.
E pra quem depois que virou mãe passou a pensar pequeno, que a vida cotidiana iria ser sempre cuidar da casa, de filhos e marido... Um mundo pequeno me esperava... Mas é incrível como podemos aumentar esse mundo e esticar ele ainda mais um pouco pra gente. Eu posso ser mãe, posso ser esposa, posso ser escritora do meu blog, professora de alguém que se encontra com dúvidas e posso também ser empresaria na minha própria casa! E esse mérito é meu. Por acreditar sempre na minha capacidade de pensar além, de buscar conhecimento, de não ter medo do impossível, de saber escutar as pessoas e ao mesmo tempo e acima de tudo isso ter um coração humilde pronto para dar e receber qualquer coisa.
E a cada dia que passa na minha cabeça esse mundo cresce e ao mesmo tempo fica pequeno, mas quem somos nós para sabermos controlarmos o nosso mundo?...
Irei citar aqui um trecho de um livro que eu li esse ano, que por um acaso eu achei bem interessante:

"Você teria coragem de subir num avião e fazer uma longa viagem sabendo que o piloto não tem experiência, que tem poucas horas de voo? Relaxaria se soubesse que ele desconhece os instrumentos de navegação? Dormiria se ele não tivesse habilidade para desviar de rotas turbulentas, com alta concentração de nuvens e descargas elétricas?  Essa pergunta foi feita para mais de 100 mil alunos universitários. É obvio que todos responderam que se sentiriam completamente desconfortáveis. Muitos nem sequer ousariam pisar nessa aeronave. Mas os abalei ao afirmar que embarcamos diariamente na mais complexa das aeronaves, comandada por um piloto frequentemente despreparado, mal equipado e mal-educado e, portanto, sujeito a causar inúmeros acidentes. Essa aeronave é a mente humana, e o seu piloto é o próprio EU." (Augusto Cury. A Fascinante construção do Eu")

Então é isso... espero guiar bem minha aeronave e ampliar bastante meu mundo interior sem afetar a todos que eu amo em minha volta!

Para Ana Lara:

Quem faz meu mundo girar é ela! 
Meu mundo gira em torno dela...
Há 4 anos atras era apenas uma quimera...
Hoje em dia é só ela...

Luha Biha

Nenhum comentário: