Não seja um robô nesse manicômio global

Dê valor em coisas reais! Dê valor nas pessoas que te amam, que precisam de você, que quer ter você por perto, que querem compartilhar momentos da vida com você... Não dê a elas dinheiro, não dê desculpas, dê carinho, dê atenção, dê afeto, pois é disso que elas precisam. Não seja um robô nesse manicômio global! Sei que todos nós temos que trabalhar pra botar dinheiro na casa pra pagar conta e tudo mais, mas nunca deixe o trabalho e seja lá o que for virar desculpa para não poder dar atenção para seu filho, seu neto, seu sobrinho, seu parente, seu afilhado ou algum amigo querido que se importa com sua presença. Quando morremos a gente não leva nada concreto desse mundo, a alma é abstrata, portanto, levaremos coisas abstratas da vida. Eu não suporto um pai ou uma mãe que nunca podê trocar a fralda de um filho, faze-lo dormir e nem ter participado de quase nada pois o trabalho não deixa... Isso é um absurdo. O tempo passa tão rápido, as pessoas crescem e aquele tempo que você perdeu jamais voltará de novo... E quem fica no ruim?

"Quando a gente quer fazer algo nós buscamos uma solução pra tudo, mas quando a gente não quer inventamos mil desculpas." Eu preferia que dissesse: Não eu não quero fazer isso e aquilo ao invés de ficar colocando os trabalhos do dia a dia como simples desculpas. Me da uma revolta isso! Detesto indiretas, detesto desculpas... Eu gosto muito de jogar no pc, e tenho uma filha de 2 anos... Quando ela quer brincar comigo e eu não estou a fim no momento, eu digo a ela a verdade: Olha a mamãe não quer brincar agora com você, depois que a mamãe descansar aqui um pouquinho a gente brinca pode ser? E eu sempre cumpro o que falo pra ela. Meu marido participou de tudo desde quando minha filha nasceu, mesmo trabalhando muito durante o dia, eu e ele acordávamos de madrugada varias vezes, ele dava mamadeira, trocava fralda, dava papinha, e até mesmo fazia papinha... Eu acho assim, que tanto a mãe quanto o pai tem que ser presente na vida do filho assim como os entes queridos. E temos que participar e aproveitar cada momento, pois o momento passa e jamais volta. Trabalho, livros, tarefas diárias, etc e tal... Isso tem todo santo dia... Todo santo dia a mesma rotina e até melhor as vezes... Mas momentos nunca pode ser comparado com trabalho. Se você der desculpas para um momento, sinto muito meu amigo (a) mas você acabou de perder um momento, ele jamais voltará... =/
Então dê valor primeiramente na vida pelo que ela é: as pessoas, a natureza, o amor, a amizade, a atenção, a união, a brisa, o vento, o calor do sol, as risadas, a brincadeiras, aos pensamentos, as palavras, os sonhos, Deus...
E depois disso coloque em segundo lugar o compromisso: Trabalho, tarefas, lazer e tudo mais...
E nunca deixe o compromisso atrapalhar a vida de alguém que precisa de você!
Se você ama alguém de valor à vida não seja um robô pois não se compra a vida com coisas concretas!

Nenhum comentário: