Um passo de cada vez

Nem vou perder linhas aqui falando o quanto demorei para postar novamente em meu blog. Tenho realmente andado com um passo de cada vez, para cada pisada: um sentimento, uma preocupação, um plano novo, um suspiro profundo de alívio que vem contemplando junto com o vento, penetrando em minhas narinas e sendo aspirados pelos meus pulmões. 
Tenho sido apressada ultimamente, eu acho... Apressada com a vida, com as horas, com o amanhã, com o depois do amanhã... Mas quando sinto que tenho que manter a calma eu não consigo controlar, meus pés querem correr, sair pela rua a fora correndo quanto a minha cabeça pede para eles andarem devagar.
É estranho como a vida nos prega cada peça, não é? Numa hora estava eu pulando do penhasco com o meu amor, noutra estava eu carregando o fruto desse amor em meu ventre, agora estou eu aqui enfrentando novamente uma metamorfose nova em minha vida: A sobrevivência diante de tantas dificuldades financeiras.
Acho que isso nos faz amadurecer cada vez mais, e ao mesmo tempo revoltar com o nosso país.
O salário sobe e o preço de tudo sobe triplicamente, quanto mais o tempo passa tudo fica mais difícil, e o pior: o número de corruptos está cada vez maior. Quando isso irá acabar? Eu fico imaginando aquelas pessoas que tem família e recebem apenas um salário mínimo. Só de pensar que o dinheiro só vai pra comida e olha lá... São tantas revoltas que eu já cheguei em falar que preferia morrer do que está aqui viva, porém o amor fala mais do que a morte: "enquanto existir alguém que eu amo nesse mundo, não pensarei em morrer."
Portanto é assim, um passo de cada vez, algum dia a gente ta lá em baixo noutro dia a gente ta lá no alto. A vida sempre é assim feita de altos e baixos. Portanto aprenda a dar valor nas pessoas pelo que elas é e não pelo que elas possuem, porque é nessas horas da vida, quando a gente ta lá embaixo que nós enxergamos quem está do nosso lado, quem realmente importa com a gente, quem é que não são interesseiros e quem realmente da valor somente naquilo que a gente é e não no que a gente possui.
O pior dessa história chama-se mágoa. Tantas pessoas foi que me deixaram magoadas pois só deram valor naquilo que eu possuía. E isso dói... dói muito. Mas o que a vida nos mostra a gente aprende a lição e com essa lição a gente vai caminhando rumo ao topo novamente, pé ante pé... Procurando sempre manter a calma, a cabeça erguida, amando quem te ama e valorizando aqueles que te valoriza.

E assim a gente dá um passo de cada vez...
O próximo passo eu posto aqui pra vocês ;)

Nenhum comentário: