Uma breve verdade sobre o mundo dos games

A maioria dos viciados em games jogam jogos de gerenciamento assim como os MMORPG (Massive multiplayer online roling playng game) e alguns um pouco desse genero que se trata de jogos sem fim. Em vários MMORPG dá pra ficar sabendo sobre algumas falas como: "Mulher não da xp" , "Sair não dá xp", "Ficar jogando com amigos dá uma boa xp." Pra quem não sabe xp significa experiência obtida quando se mata um monstro em um jogo de MMORPG. Precisamos de xp para evoluir nossos char em game que é o bonequinho em que jogamos. A cada nivel de evolução o ganho de xp pra conseguir evoluir aumenta cada vez mais, fazendo com isso a pessoa ficar mais horas tentando evoluir o char na frente do pc (matando monstro sem parar)... E isso faz com que perca maiores horas de suas vidas, perca seu tempo na família, perca o tempo de fazer tarefas, de namorar, de curtir o mundo e as pessoas ao seu redor. Essas pessoas se isolam quando viciam, nem querem mais sair com amigos nem nada o seu foco é apenas os amigos online no jogo e poder conseguir alcançar o nivel máximo do jogo. Então pra eles ficarem sozinhos em casa enquanto a familia tira férias numa melhor praia do brasil, é bem aceitavel.
Eu já fui vítima disso, já senti o que um jogo pode fazer com uma pessoa, por exemplo: Meu ex namorado, a gente morava em cidades diferentes então nós jogavamos durante a semana por não haver meio de nos encontrar pra namorar... O fato disso é que quando chegava o final de semana e a gente nos encontrava, ao invez da gente namorar e curtir o final de semana, ele ficava no pc evoluindo o char dele e eu sentada no sofá vendo ele jogar e o final de semana ir embora... Não adiantava o que eu falasse, ele nao queria sair, nao queria namorar e nem enxergava o que tava fazendo... O resultado foi a falencia do amor. Essas pessoas que se deixam levar pra jogos estão virando até mesmo assassinos, veja uma materia no G1 que diz:  Viciado em games mata a mãe por não pagar conta de internet :: Ele desferiu 17 facadas contra a mulher e foi jogar videogame. Jovem romeno de 15 anos está internado em clínica psiquiátrica. 
Não pessoal... embora essa existem inúmeras notícias sobre viciados em games... Pra que isso gente? Pra que levar um jogo tão a sério? O que te faz deixar de viver o jogo da vida e se entregar pra uma coisa virtual? Ah para... Esses jogos foram feitos pra se distrair, pra passa o tempo apenas... MAS NÃO PARA VICIAREM A PONTO DE DEIXAR SUA VIDA DE LADO. É muito triste ver pessoas bombando de ano na escola pq não estudam só ficam jogando no tibia, ragnarok... etc e tals... Pq simplesmente pensam que "estudar nao vai da xp" e "eu fui na escola e ja sei tudo nao preciso estudar" ... Ou aqueles que ficam focados no orkut cuidando do cafe mania, ou da mini fazenda e falando que quer ser mais do que o seu amigo ali... e que nao tem tempo pra estudar e tals... Ah que se foda isso.  Ontem eu e meu marido pela primeira vez jogamos um MMORPG juntos... E não aguentamos ficar matando os bichos por mais de 15 minutos... Dai eu peguntei para ele o seguinte: vc teria coragem de trocar uma férias, uma mulher, ou alguma coisa do genero pra ficar ai sentado matando bicho toda hora e ganhando xp? A resposta dele foi a seguinte: Mas nunca, isso não tem a maior graça!

Pra encerrar assista um video famoso de um alemão viciado ai:


4 comentários:

Luiz Cezar Marinho disse...

Assustador seu texto. E só assusta mesmo porque é real. E acho que isso tem que ser encarado como doença e ser tratado com devido tratamento pscicologico, psiquiatrico e tal.
Não é saudavel trocar amigos, sol, e vida social por XP...
Muito bom esse alerta, esse depoimento, essa história. Eu na condição de professor, ficarei mais atento com meus alunos para apoia-los a não desperdiçar a vida.

Anônimo disse...

Ler isso não da Xp.

Anônimo disse...

Assunto interessante. Crítica construtiva: melhore a sua forma de postar, você tem tudo pra fazer desse poste uma boa publicação: experiência e "vítima".
Quando li as perguntas "Pra que isso gente? Pra que levar um jogo tão a sério? O que te faz deixar de viver o jogo da vida e se entregar pra uma coisa virtual? ", me veio uma resposta simples: Algumas pessoas, boas pessoas, entram no mundo online a fim de buscar entretenimento ou por causa de um namoro com dificuldades, ou um emprego ruim, ou dificuldades pessoais. Em um jogo online, você pode ser um dos melhores, e isso te faz bem, já que não é tão bom assim na vida, e é essa sensação de ser bom que faz querer mais, e já que a vida já não esta na melhor das situações, pq não continuar com o jogo? E é ai, meus amigos que moram o perigo, a solução de uma vida díficil não é, como diz minha mãe, "garrar no computador", e sim, procurar as pessoas que te fazem bem, conversar, namorar, trabalhar, estudar, festejar, ou seja, viver. Ter problemas na vida é normal, todos temos, e a medida que se envelhece, os problemas só aumentam. Mas mesmo assim, não é compensatório se envolver tanto em uma lugar irreal.

Fui viciado em Tibia, por 2 anos, não me arrependo do tempo perdido, pois não vivo de arrependimentos, era uma época difícil pra mim, pessoalmente, e não tinha ngm para me dizer algumas boas palavras. Sabe o que realmente me ajudou? o destino. Em um dia eu acordei, e quando fui acessar o jogo, percebi que a senha não era compatível, fui "hackeado".
Se foi alguém de perto, da minha família, ou algum gordo, na frente do computador, eu não sei, mas sou muito grato a ele.

Luh@ disse...

Anônimo de 6 de outubro=> Huahuaua.. Verdade viu... Eu tbm já fui muito viciada em Tibia, meu 1° MMORPG, era no anod e 2005... Naquela época eu ficava 24 horas de frente ao pc mas por causa do que vc mencionou... Eu ficava 24 horas pq realmente eu nao tinha ninguem (nem namorados e amigos)... Portanto eu entendo que viver algo irreal pode ser bom as vezes mas é melhor viver algo real... O que me cortou o meu vicio mesmo em tibia é que levei ban dos GMs por falar FODA no RL chat...