Colorindo meu mundo

Ultimamente fiquei muito tempo sem postar aqui, desde quando peguei a Nara minha cachorrinha. Tenho percebido esses dias algo bem estranho e ao mesmo tempo sensacional. Ficar sozinha é realmente chato demais, mas quando temos alguém que amamamos e alguém que faz aquela bagunça, te deixa nervosa e ao mesmo tempo te deixa feliz realmente é uma coisa que não pode faltar em nossas vidas. Meu tio faleceu dia 30/07 realmente foi tão triste o velório... Minha tia chorando ao lado do caixão e falando assim pra ele: com quem eu vou briga agora? O que será da minha vida agora sem você? Imagino que ela está enfrentando agora uma perda e tanto... O ambiente dela descoloriu, pois a pessoa que ela costumava fazer tudo, brincar, brigar, amar, beijar, conversar, curtir, etc... Não está mais aqui, que Deus o tenha! Por isso temos que aproveitar cada minuto com as pessoas que amamos, pois todos nós vamos morrer um dia e jamais sabemos o dia de amanhã...
Eu felizmente consegui colorir meu ambiente, tenho um bom marido, uma pessoa que eu amo muito e uma cachorrinha tão levada, que por mais que eu bato, brigo e grito, ela nao sai de perto de mim e em outro lado acaba me tirando do sério e fazendo eu brincar com ela... Ontem mesmo eu cai da cama eu levei um tombo, e cortei meu pé,  o Edinho pegou e fez curativo com eu chorando e rindo ao mesmo tempo... (cena realmente muitíssimo engraçada). O mais estranho é que meu marido consegue expressar todos seus pensamentos na forma do seu olhar, e isso eu admiro muito. Estava eu vendo aquela cara dele tão engraçada que eu chorava de dor e ao mesmo tempo ria, não conseguia me controlar. Então fomos nanar e hoje acordei desanimada (pois tem tanta coisa pra fazer aqui no ap e eu com o pé doendo é um saco) tomei café e meu marido foi trabalhar. Fiquei um tempo pensando nesse meu azar de ter machucado bem debaixo do pé sendo que tinha tantos lugares pra eu poder machucar... E o pior ainda a Nara estava mordendo no curativo... Ótimo acabou meu dia - eu disse pra mim mesma. Depois de brigar tanto com a Nara mandando ela quetar enquanto eu lavava a louça, e por mais que eu gritava, falava, batia nela pra ela obedecer... ELA NAO OBEDECIA, não saiu do meu lado pra nada... Depois de tantas tentativas sabe o que ela fez? Simplesmente deitou em cima do meu pé e lá ficou... Ótimo falei... Depois eu fui passa o pano no apartamento e a nara começou a correr sem parar querendo pega o pano do rodo... Nessa hora eu não consegui ficar brava, nem séria, nessa hora meu desânimo passou e eu comecei a rir e a brincar com ela... E foi desse jeito que eu acabei limpando o apartamento na brincadeira com a Nara... Depois dela tanto brincar ela agora ta aki dormindo na caminha dela. E por mais incrível que pareça eu estou de certa forma colorindo meu mundo de tantas cores. Assim eu sempre vou agradecer a papai do céu por tudo que esta acontecendo na minha vida. Pelo Edinho, pela Nara, pelo apoio da minha família, por a grande amizade da minha mãe e por todas as pessoas que ainda fazem parte da minha vida. ^^



Um ato de amor

Corri, Lutei te achei , te quis e te amei
Mais que uma mulher apaixonante
Toda humilde, simples e elegante
Com você eu sorri, eu me empolguei

Façanha consegui felicidade
Dois corações mais que amante 
Me diverti no alto feito roda gigante
E ao seu lado alegrei

 Tive todo amor e ternura
Ao seu lado todas as cores da lua
Em seus olhos eu pude ver 

Agora só nos resta a aventura
Desta vida de toda bravura
Com você junto envelhecer.

Luana Beatriz de Jesus (Luh@)



Nenhum comentário: