A Lenda da Formiga

Descubra neste conto o porquê que as formiga corta folhas!

A Lenda da Formiga

A formiga cosia muitas costuras de ganho e ensinava também a filha a coser. Quando saía, deixava
tarefa de costura para ela; mas a bichinha arriava o trabalho, ia para o mato, ajuntava aquela porção
de folhas e trazia para casa, começando então a cortá-las com a tesoura.
Quando a mãe chegava, que achava aquele montão de folhas cortadas, agarrava-a e dava-lhe muita
pancada. Isso era todos os dias. A formiga já não sabia o que fizesse para corrigir a filha. Até que um dia, muito zangada, pegou numa corda e amarrou-a pela cintura ao pé, de uma mesa. Em seguida, foi para a rua, trancando a porta.
Tanto fez a formiguinha, tanto sungou, tanto espinoteou, que o nó da corda foi-se apertando,
arrochando-lhe a cintura, de modo que quase a tora em dois pedaços. Quando a formiga chegou, que
viu a filha naquele estado, com a cintura tão fina devida ao arrocho da corda, teve pena dela e soltou-a.
Mal se apanhou solta, a formiguinha não teve mais conversa. Correu para o mato, e toca a carregar
folhas para cortar em casa com a tesoura. Vendo que não podia mais corrigi-la daquele mau costume,
a mãe botou-a de casa para fora, dizendo:
– Árre! Vai-te! Tua sina há de ser cortar folhas, até o mundo se acabar.
Por isso é que a formiga saúva só vive cortando folhas para carregar para o formigueiro, tem a cintura
tão fina e uma tesoura na cabeça.

Nenhum comentário: